Outro

Como cultivar os melhores tomates do bairro

Como cultivar os melhores tomates do bairro



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Se você adora tomates, vai adorar este tutorial rápido Grow Amazing Tomatoes

Seu jardim de tomate vai impressionar seus vizinhos.

De seus próprios molhos enlatados a deliciosas tortas de tomate, há muito que você pode fazer com este produto de verão. Mesmo se você não tiver um quintal, você pode cultivar tomates lindos em sua própria casa.

Colin Cudmore, fundador da Projeto Torre do Jardim, inventou um jardim de contêineres chamado Garden Tower 2, que permite a qualquer pessoa cultivar vegetais orgânicos facilmente, mesmo em telhados planos, lajes de concreto e decks comuns. Ele tem algumas dicas para tornar o seu jardim de tomates o mais frutífero possível.

Dicas para tomates em recipientes em condições secas:

  • Um pote de 140 polegadas ou maior é melhor para o cultivo de tomates. Use vasos de até 20 polegadas e as plantas responderão ficando maiores e produzindo mais frutas. Vasos maiores também retêm mais massa de raiz e água, o que ajuda muito à medida que os dias ficam mais quentes.
  • Prefira apenas cereja ou variedades compactas, como tomates determinados (arbustos).
  • Bisão, dez dedos de Nápoles, caixote da janela Roma, princesa do pátio e tomates tumbler são todas boas escolhas. Qualquer tipo pode ser usado com suporte gradeado adequado.
  • Use apenas material de envasamento (solo) que é rotulado para vasos maiores. Essas misturas de solo geralmente contêm casca de pinheiro compostada e ou turfa, perlita ou vermiculita. Outras misturas usam coco, cascas de amendoim e cascas de arroz para aumentar o volume. Misturas muito ricas em turfa irão se comprimir substancialmente durante a estação de crescimento, reduzindo assim a massa da raiz. Sem essa massa, as plantas não serão capazes de se desenvolver adequadamente e reter água suficiente para passar o dia.
  • Tomates de vasilhame requerem suporte vertical. Como as variedades de contêineres tendem a ser mais curtas, treliças de arame cônico com dois anéis são suficientes (facilmente encontradas em centros de jardim). Certifique-se de instalá-los no recipiente logo após o plantio - você provavelmente danificará as plantas ao esperar. Alguns dos tomates cereja menores são tão pequenos que nenhum suporte é necessário.
  • Bons tomates requerem alta densidade de nutrientes no solo. A mídia de envasamento geralmente vem com uma carga de fertilizante de aproximadamente duas semanas, então as plantas precisam ser alimentadas ou o crescimento diminuirá. Aplique um fertilizante orgânico (liberação cronometrada ou peletizado) seguindo as instruções do rótulo para a taxa com base no tamanho do vaso. Duas semanas após o plantio, comece a regar semanalmente com um fertilizante solúvel. Até que as plantas comecem a florir, você pode usar um fertilizante balanceado com uma proporção de 1 para 1 para 1, como 20-20-20. Quando as plantas estiverem florescendo, mude para um fertilizante com alto teor de potássio. A maioria dos fertilizantes misturados para tomates se encaixa nessa descrição. Os produtores orgânicos podem usar uma combinação de emulsão de peixe, areia verde, farinha de algas e farinha de ossos para obter resultados semelhantes. Certifique-se de aumentar a alimentação à medida que as plantas crescem. Aplique mais fertilizante de liberação programada após 10 a 12 semanas. Existem boas pesquisas para apoiar a inclusão de suplementos à base de algas marinhas, mesmo com um forte programa de fertilizantes convencionais.
  • Embora os insetos raramente sejam um grande problema no tomate, acho que as doenças são comuns devido aos verões geralmente úmidos do Nordeste. A mancha de séptia ocorre em todos os tomates e requer atenção, ou desfolhará as plantas no momento em que o fruto está realmente começando. Esta doença é muito fácil de diagnosticar, começa como manchas espalhadas ou lesões nas folhas mais baixas. Em seguida, as manchas tornam-se maiores e mais numerosas e se espalham para cima, eventualmente deixando folhas mortas para trás. Sem essas folhas, a planta não pode produzir açúcares e outros compostos que contribuem para a criação de frutas saborosas. Eventualmente, a mancha da folha de Septoria matará a planta de uma vez. Desde os primeiros botões de flores, aplique soluções de cobre semanalmente. Se o tempo estiver seco, você pode reduzir as aplicações de fungicidas a cada duas semanas.
  • Colha os tomates à medida que amadurecem completamente. Esta colheita oportuna permite que a planta mova recursos para outras frutas. Nunca deixe frutas podres ou muito maduras na planta, pois elas degradarão outras frutas. Para obter as frutas com melhor sabor, deixe os tomates na videira até que estejam totalmente coloridos. Ao primeiro sinal de geada, colha qualquer fruta que pareça até mesmo um pouco madura, então jogue a planta ou cubra a planta com cobertura de linha durante os períodos de frio. A cobertura da fileira aumentará o calor e protegerá as plantas da geada até que fique abaixo de 25 graus F.

Os melhores tomates do bairro - Coma o que você planta por Mark Cullen

Os tomates são, de longe, o vegetal de jardim mais popular do Canadá. Eles são fáceis de crescer em qualquer lugar onde haja calor e sol. A variedade de tomates é enorme, em cores que vão do branco, amarelo, laranja, vermelho, verde e roxo. Eu cultivo mais de 200 tomates e 20 variedades diferentes a cada ano. Minhas variedades favoritas incluem tomates cereja ‘Sweet Million’, que funcionam bem em recipientes ‘Big Boy’, é um bom tomate de tamanho médio resistente a doenças e qualquer um dos grandes e suculentos tomates híbridos de bife. Se você está planejando conservar tomates para uso no inverno, você deve cultivar alguns tomates em pasta Roma.

Aqui está minha receita para os melhores tomates do quarteirão.


Como cultivar os melhores tomates do quarteirão em 10 etapas fáceis

1. Decida se você quer tomates determinados ou indeterminados.

Tomates determinados crescem até um tamanho predeterminado, geralmente de 3 a 4 pés de altura, e produzem seus frutos de uma só vez.

Quando começam a florescer, todo o crescimento pára e as plantas & # 8217 energia vão para o amadurecimento de toda a safra dentro de uma a duas semanas antes de morrerem.

Em áreas com estações de cultivo mais longas, as plantas podem ficar dormentes antes de definir um segundo conjunto de flores para uma safra menor de acompanhamento.

Tomates determinados também são conhecidos como plantas compactas, arbustivas ou de pátio, pois seu tamanho gerenciável, floração precoce e colheitas previsíveis os tornam ideais para jardins e contêineres de espaços pequenos.

Certos tipos de tomates determinados também podem crescer em sombra parcial com apenas 5 a 6 horas de luz solar.

Alguns dos meus favoritos variedades determinadas para jardins de contêineres incluem Cherry Falls, Indigo Rose, Red Siberian, Italian Roma e Glacier.

Eles produzem frutas menores do que seus primos indeterminados, mas funcionam bem para jardineiros que precisam de uma grande colheita cedo (por exemplo, se você começou tarde ou tem férias de verão planejadas) ou aqueles que precisam de uma grande colheita de uma vez (como para molho de tomate caseiro ou tomates secos no forno).

Os tomates indeterminados, por outro lado, podem crescer de 2,5 a 3 metros de altura (ou mais!) Em uma horta doméstica e precisam ser engaiolados, estacados ou gradeados para lidar com suas pesadas vinhas carregadas de frutas.

Embora seja um método menos popular, os tomates também podem se espalhar no chão se você tiver espaço. Fique atento às suas colheitas, pois assim muitos tomates podem se perder - escondidos sob as folhas - e começar a apodrecer.

O ciclo de vida típico de uma planta indeterminada envolve o crescimento de trinta ou dois centímetros, o plantio de algumas flores, a produção de frutos e a repetição do processo durante toda a temporada.

Ela continua a crescer até ser morta pela geada (o que significa que em climas muito quentes, ela pode realmente sobreviver como uma planta perene).

A quantidade de flores e frutos definidos depende da variedade de tomate. Alguns definem apenas um punhado de flores de cada vez, enquanto outros (especialmente os tipos cereja) definem dezenas de uma vez.

Meu testado e aprovado variedades indeterminadas para sabor, textura e excelente produção no jardim incluem Cherokee Purple, Black Krim, Red and Yellow Brandywine, Cuore Di Bue, Green Zebra, Artisan Tiger Stripes Blend e Chocolate Cherry.

Variedades indeterminadas são ideais para jardineiros que gostam de ter pequenas colheitas várias vezes ao longo da estação para comer na hora.

Uma vez que seus frutos são geralmente maiores do que determinados tipos, e uma única planta pode produzir até 25 libras de tomates, mesmo apenas algumas plantas podem facilmente sobrecarregar uma família no pico do verão!

Para obter melhores resultados, escolha uma mistura de tomates adequados para o seu clima: alguns grandes e suculentos cortadores, alguns tipos de cereja e algo mais incomum (como variedades de gelo ou tomates com costelas ou listras distintas) no início, no meio e variedades de floração tardia.

Isso ajuda a evitar suas apostas no jardim, se ficar muito quente para uma planta dar frutos no meio do verão, outras plantas irão se apresentar.

2. Comece suas sementes cedo.

Quando iniciadas dentro de casa em condições ideais, as sementes de tomate germinam em cinco a sete dias, e leva de seis a oito semanas para crescer de semente a mudas plantáveis.

Isso é além de os “dias até o vencimento” declarados em seus pacotes de sementes.

Portanto, é melhor começar suas sementes de tomate dentro de casa cerca de quatro a seis semanas antes de sua última data de geada prevista, replantar as mudas para aumentar a massa da raiz e dar-lhes um pouco de tempo para endurecer adequadamente para garantir plantas fortes e saudáveis.

Se já tiver passado da última data de geada no momento em que você estiver lendo isto, você poderá começar a iniciar as sementes agora se tiver uma época de cultivo decente e escolher uma variedade de maturação precoce.

Você sempre pode comprar tomates a partir de um centro de jardinagem se tudo mais falhar, mas quando você faz as contas, faz sentido tentar começar a partir de sementes todos os anos, se possível.

Ouça-me: um pacote de 25 sementes normalmente custa cerca de US $ 3.

Digamos que 20 sementes germinem e cheguem ao estágio de transplante.

Se cada tomate produz em média 15 libras de frutas (no limite inferior), isso significa que um único pacote de sementes pode render pelo menos 300 libras de tomates!

Onde eu moro, os tomates orgânicos da herança custam cerca de US $ 5 o quilo.

Se eu conseguir um pacote de sementes para produzir 300 libras de frutas, isso é no mínimo $ 1.500 em tomates que eu cresci, e posso colhê-los no auge da maturação em meu próprio quintal.

(Eles também são muito superiores aos tomates de supermercado colhidos enquanto estão verdes e amadurecem em depósitos.)

3. Repot seus tomates duas vezes para caules mais fortes e maior massa de raiz.

O tomate é uma das poucas plantas vegetais que gosta de enterrar o caule no solo.

Isso é mais aparente se você já deixou suas vinhas de tomate caírem no chão, se esquecer de estacá-las na vertical e voltar algumas semanas depois para descobrir que as vinhas estão firmemente enraizadas no solo.

As plantas têm pequenas protuberâncias difusas em seus caules (chamadas raízes adventícias, iniciais de raiz ou primórdios de caule de tomate) que são essencialmente o início de novos nós de raiz.

Se deixados em contato com a água ou o solo, esses nós acabam se desenvolvendo em raízes, aumentando ainda mais a massa da raiz da planta.

Isso, por sua vez, significa plantas mais fortes e saudáveis ​​que precisam de menos irrigação e fertilização porque seu extenso sistema de raízes pode penetrar mais profundamente no solo, puxando a umidade e os nutrientes.

Você pode aprender como replantar suas mudas pela primeira vez neste post, por que você deve transplantá-las uma segunda vez aqui e como transplantá-las em um cocho se você não for capaz de cavar um buraco fundo para enterrar as hastes.

4. Escolha um local com pleno sol.

A luz solar é gratuita e é um dos aspectos mais importantes do cultivo de tomates.

Para uma boa colheita, deixe pelo menos 8 horas de sol por dia para suas plantas.

Em climas onde os verões regularmente sobem acima de 85 ° F a 90 ° F, tente fornecer sombra parcial. As plantas de tomate tendem a perder suas flores e os frutos podem não amadurecer em altas temperaturas.

Tome cuidado para apenas sombrear as plantas, não cobri-las - a cobertura apenas reterá o calor e a umidade, criando um efeito estufa. Use um pano de sombra, musselina ou uma folha fina de cor clara que ainda permita a passagem de ar e luz solar.

Se você não tiver sol o suficiente em seu quintal, tente plantar seus tomates em frente a uma cerca ou parede, ou ao lado de um galpão branco ou garagem que pode refletir a luz de volta para as plantas. Pendure um lençol branco na estrutura se ainda não for uma cor clara e brilhante.

5. Permita um amplo espaço na casa final das plantas.

Os tomates são plantas que se espalham amplamente, com raízes profundas, e quanto mais espaço você pode dar a eles, mais frutas você obterá.

Deixe pelo menos 2 a 3 pés entre tomates indeterminados no chão, ou 1 1/2 a 2 pés entre tipos determinados.

Se você estiver cultivando tomates em um recipiente, lembre-se de que quanto maior, melhor. Muitas vezes, as pessoas são aconselhadas a cultivar tomates em baldes de 5 galões, mas a menos que você tenha muito espaço limitado (ou cultive uma micro variedade especial), isso não é espaço suficiente para as raízes crescerem.

Determinados tomateiros são mais bem-sucedidos em recipientes de 10 galões ou maiores.

Tomateiros indeterminados precisam de recipientes de pelo menos 20 galões (como meio barris de uísque) para atingir seu potencial máximo.

Perfis de contêineres mais curtos e mais largos acomodam gaiolas mais robustas e ajudam a evitar tombamento conforme as plantas ficam mais altas.

6. Alimente o solo com muitas alterações.

Os tomates alimentam-se muito e prosperam quando recebem a quantidade certa de fósforo, cálcio e outros nutrientes essenciais durante a temporada.

A menos que suas plantas tenham folhas amarelas, tente evitar fertilizantes com alto teor de nitrogênio, que lhe darão muita folhagem, mas nenhuma flor.

Gosto de alimentar as mudas com fertilizante líquido diluído para peixes e, em seguida, adicionar punhados de fertilizante de tomate, farinha de ossos, cascas de ovo esmagadas e cabeças de peixes quando vão para a cova de plantio final no jardim.

(Você leu certo: cabeças de peixe. Saiba mais sobre como usar este fertilizante improvável para suas plantas de tomate aqui.)

A cada poucas semanas (ou de acordo com as instruções da embalagem), molhe suas plantas com um fertilizante foliar (como meu fertilizante líquido favorito para algas e peixes, ou chá de composto, que pode ser facilmente feito em casa) ou cubra-as com um bom fertilizante granular especialmente formulado para tomates ou vegetais (gosto deste).

7. Use o “truque da vara” para deter vermes cutâneos.

Cutworms são as lagartas de um grupo de mariposas chamadas mariposas miller. As larvas rechonchudas são geralmente de cor marrom ou cinza e se curvam em uma forma de “C & # 8221 quando perturbadas.

Eles também são uma das pragas mais irritantes do jardim, especialmente na primavera, quando há um verdadeiro buffet de mudas deliciosas e tenras para a festa.

Se você já acordou uma manhã com o horror do que parece que alguém acabou de levar um mini cortador de grama para todas as suas mudas, provavelmente você foi vítima de cutworms.

Eles se escondem durante o dia e se alimentam à noite, cortando os caules de mudas e mudas jovens perto da superfície do solo.

Normalmente, a parte superior das plantas é deixada intacta, deitada no chão perto dos caules mastigados, mas algumas lagartas sobem nas mudas para se alimentar de botões, brotos e folhas.

Eles adoram mudas de tomate, mas comem todo e qualquer vegetal do jardim, incluindo mudas de abóbora, milho e feijão.

Portanto, este pequeno truque funcionará para todas as suas plantas jovens e é um método surpreendentemente eficaz, barato e fácil de controle de pragas.

Depois de transplantar suas mudas de tomate e começar, coloque um pequeno palito de bambu, palito de picolé, espeto de madeira, mexedor de café ou aparelho semelhante contra os caules.

O graveto evita que a lagarta se enrole no caule e morda sua planta.

8. Regue profundamente, mas com menos frequência.

Os tomates têm raízes robustas que crescerão tanto quanto você permitir. Ao regar as plantas profunda e completamente na zona das raízes uma ou duas vezes por semana, você estimula as raízes a afundar mais profundamente no solo.

Isso porque os tomateiros que recebem apenas uma pequena quantidade de água por vez (mesmo que sejam irrigados com mais frequência) tendem a ter raízes que se aglomeram perto da superfície do solo.

Rega rasa e raízes rasas enfraquecem as plantas e as tornam mais suscetíveis a pragas, doenças e baixa produção.

Meu melhor conselho para controlar a umidade (e garantir que não chegue muito ou muito pouco às raízes) é instalar linhas de gotejamento ou mangueiras de imersão em um temporizador programável para que você possa configurá-los e esquecê-los.

As plantas de tomate se beneficiam de uma umidade consistente, pois ajuda a prevenir o apodrecimento da ponta da flor e evita que a casca rache.

9. Faça do mulch seu amigo.

Assim que seus tomates tiverem pelo menos 15 centímetros de altura (se forem mais curtos, eles correm o risco de serem sufocados), espalhe uma camada generosa de cobertura morta orgânica no solo, tomando cuidado para não amontoá-la contra os caules.

Uma boa cobertura morta (como palha, meu meio preferido) ajuda a conservar a umidade, prevenir ervas daninhas e regular a temperatura do solo.

Também evita que o solo salpique nas folhas quando as plantas são regadas, reduzindo as chances de doenças transmitidas pelo solo.

10. Estaca ou treliça suas plantas cedo, e sempre mire alto.

É fácil olhar para seus bebês tomate recém-transplantados e pensar que eles ficarão diminuídos por suas gaiolas se você colocá-los imediatamente.

Mas não leva muito tempo para essas plantas ficarem pesadas e, antes que você perceba, você está lutando para conter as vinhas sem perder flores ou frutos.

As raízes do tomate se espalham rapidamente e é melhor estaca-las, engaiolá-las ou treliçá-las cedo para não correr o risco de colocar os suportes em seus sistemas de raízes em desenvolvimento.

Para a maioria das hortas caseiras, eu prefiro gaiolas quadradas super resistentes e pesadas (como essas) e não sou um fã das gaiolas cônicas e frágeis de tomate que você vê nos centros de jardinagem. (Sem mencionar que as gaiolas cônicas nunca são fortes ou altas o suficiente para suportar totalmente uma planta indeterminada.)

Se você cultiva muitos tomates, experimente o método de tecelagem da Flórida de treliça de plantas em fileiras.

Outros jardineiros gostam de fazer seus próprios suportes feitos de arame farpado (usando-os como uma cerca viva para as trepadeiras de tomate escalarem) ou moldam suas próprias gaiolas corpulentas com vergalhões e malha de reforço de concreto. Experimente o que funciona para você!

Quanto mais altos forem os suportes, mais saudáveis ​​serão as plantas. Manter as folhas fora do solo desencoraja a proliferação de pragas ou doenças, e o ar pode circular melhor ao redor das plantas quando as trepadeiras têm amplo suporte.

Espero que essas dicas de cultivo o ajudem a ter a melhor safra de tomate de todos os tempos!

Você tem alguma outra sabedoria adquirida com o cultivo de seus próprios tomates? Por favor, compartilhe nos comentários abaixo!


Como garantir que você & # 8217 terá os primeiros tomates maduros do bloco

Agora, não quero ofender ninguém, mas às vezes nós, jardineiros, ficamos um pouco competitivos & # 8230. ou talvez seja apenas eu. Existe algo sobre ser primeiro. A primeira a cultivar kiwis com sucesso, a primeira a trazer framboesas frescas para o bairro, a primeira do verão a ter jalapeños para vender no mercado do fazendeiro. Então, casualmente, como

& # 8220Oh mesmo? O seu ainda não está ligado? Isso é estranho. Devo ter tido sorte. & # 8221

O tempo todo se lembrando das horas de cuidado extra que você deu para ASSEGURAR que aquelas plantinhas doces recebessem o tratamento real.

Agora eu não faço isso com todas as minhas plantas, mas ocasionalmente estou disposto a ir além para ter certeza de que tenho os primeiros frutos da temporada. Os tomates são ESSA COLHEITA. Eles são a única coisa que eu mais gosto, ano após ano, na esperança de ter os tomates maiores, melhores e MAIS PRÓPRIOS por aí.

Então, como eu sei que você não quer me ouvir divagar o dia todo sobre o quanto EU AMO tomates, vou direto ao ponto e dizer a você & # 8230

  1. Comece suas próprias sementes, não 8 semanas antes, como diz o pacote, mas 10 semanas antes (que & # 8217s 28 de fevereiro onde eu moro). Coloque-os em um recipiente grande, não um daqueles pequenos que precisarão ser transplantados em três semanas. Cada vez que você tiver que transplantá-lo, ele parará de crescer por alguns dias para se acostumar com o novo lar. Agora, não pare de ler aqui se você não iniciou suas próprias sementes, ainda há esperança para você & # 8230.
  2. Regue suas mudas com água morna enquanto eles estão em sua casa / estufa / onde quer que você comece suas plantas. Tomates ADORAM estar aquecidos. Certifique-se de que sua primeira casa seja quentinha e aconchegante.
  3. Cerca de 3 semanas antes de você se preparar para plantar (17 de abril) comece a colocar suas plantas do lado de fora durante o dia, mas apenas nos quentes com muito pouco vento. NÃO se esqueça das suas plantas! Se você deixá-los fora durante a noite, eles podem estar todos mortos pela manhã.
  4. Descubra quando é a sua última data de geada (a nossa é 8 de maio) e observe o tempo como um falcão. Esta parte é crucial e um pouco arriscada. Idealmente, você quer plante seus começos 1 semana mais cedo (1º de maio), mas você tem que ser SUPER cuidadoso e às vezes você simplesmente não consegue o ideal. Então, o que você está procurando é um clima excelente. Se no dia 1º de maio você olhar o tempo e a próxima semana estiver quente e sem muito vento, então é hora de colocar esses bebês no chão! Como regra geral, não plante uma semana antes, a menos que a previsão de todas as noites nos 10 dias esteja acima de 40 graus. Se estiver na casa dos 30 & # 8217s, espere um ou dois dias e veja o que o tempo indica. Quando o tempo estiver bom, plante-os.
  5. Agora, para a parte de plantio. Você precisa começar suas plantas da maneira certa, com a melhor chance de sair do choque do transplante & # 8220 & # 8221 rapidamente para que possam começar a crescer mais rápido do que todos os outros & # 8217s, é claro! Cave seu buraco e coloque um pouco de composto no fundo. Quando você planta tomates, você os coloca profundamente e cubra toda a metade inferior da planta com sujeira. Isso permite que a planta crie mais raízes, permitindo que ela saia do funk mais cedo e comece a crescer. Crie um pequeno & # 8220mote & # 8221 ao redor de sua planta para pegar a água, polvilhe um pouco mais de composto ao redor da base e, em seguida, MERGULHE com água QUENTE. Mais uma vez, os tomates adoram ficar quentes! Imagine se você se mudasse para uma nova cidade e as primeiras pessoas que conhecesse jogassem um balde de água gelada em você. Você está gostando da sua nova casa? Agora imagine que as primeiras pessoas que você conhece o convidam para entrar, oferecem comida deliciosa e um banho de espuma quente & # 8230. Sim, isso é melhor certo.
  6. Depois que você plantar seu bebê, todo aconchegante, quentinho e enfiado na cama, configurar um sistema de gotejamento ou mangueira de absorção para regá-los, NÃO um aspersor! Os tomates odeiam ser borrifados. Eles precisam profundo regar uma vez por semana. Saiba mais sobre isso AQUI. [wp_ad_camp_2]
  7. No mesmo dia em que você os plantar, você deve prendê-los. Você precisa de uma gaiola ao redor deles por vários motivos. Eles precisam se levantar para crescer adequadamente, não no solo. Você pode mantê-los eliminados com muito mais facilidade. E você pode cuidar deles nas primeiras duas ou três semanas. No mesmo dia em que plantar tomates, você vai crie uma mini estufa para eles. Isso os protegerá do vento e os manterá mais quentes e mais felizes! Embrulhar filme plástico transparente de comida em torno de sua gaiola funciona perfeitamente. E acredite em mim & # 8230. ter DUAS pessoas para fazer esse trabalho torna isso exatamente 975 vezes mais fácil! Deixe sua mini estufa lá por três semanas.
  8. A outra coisa que você vai fazer nas primeiras três semanas é Coloque suas plantinhas em TODAS AS NOITES com um saco de dormir. Eu não me importo se não estiver frio, apenas faça! E diga a eles que você os ama! Beijos também ajudam.
  9. Após o término de suas três semanas, verifique o tempo e certifique-se de que não esteja anormalmente frio ou ventoso. Então você pode pare de colocá-los na cama e corte a estufa. Tenha certeza de continue regando-os uma vez por semana, MUITO profundo, nas raízes.
  10. Último! Quando suas plantas estão crescendo alegremente há algum tempo, e eles têm um monte de tomates verdes grandes nelas, e você está se perguntando o que está levando tanto tempo para ficarem vermelhas (ou de qualquer cor de tomate que você plantou) isso & # Hora de 8217s de fazer uma última coisa. Você precisa avise seus tomates que é hora de começar a pagar o aluguel desligando seus utilitários. Isso os deixa desconfortáveis ​​e eles surtam um pouco e ficam vermelhos, Yay! Apenas não regue por um ou dois dias extras (isso seria 8 ou 9 dias em vez de 7) e somente se o tempo estiver bom, não faça isso se estiver 110 graus.

Agora você não precisa fazer cada uma dessas coisas, cada um ajudará por conta própria. Mas se você fizer isso, nove entre dez vezes, você será o primeiro a colher tomates maduros e suculentos em qualquer lugar, a menos, é claro, que um tornado atinja apenas o seu jardim. Nesse caso, você será o último a colher tomates & # 8230.

Uma última coisa & # 8230 Se você leva seus tomates a sério, você precisa saber disso. O Tomatofest.com tem a maior e mais impressionante seleção de tomates orgânicos e tradicionais que já vi. Eles têm mais de 600 variedades lindas, únicas e raras de todas as diferentes cores, tamanhos, formas e sabores. Na verdade, este ano estou experimentando um tomate azul pela primeira vez. Sim, azul! Você não pode acreditar em algumas das coisas que eles têm até ver com seus próprios olhos. CLIQUE AQUI para visitar este incrível fornecedor de sementes orgânicas de tomate tradicional administrado por um casal que colhe suas próprias sementes. Se você não está comprando suas sementes por meio desses caras, está realmente perdendo alguns tomates excelentes.

Agora, tudo o que resta a fazer é clicar aqui e ler as 3 coisas que você precisa saber sobre o cultivo de tomates que ninguém nunca lhe disse, e você terá os tomates maiores, mais bonitos e precoces que você já teve. Se você precisar de ajuda para aprender como manter as ervas daninhas longe de seu jardim, assista a este vídeo para saber mais sobre como criar um canteiro de tomate sem ervas daninhas de baixa manutenção.


Como obter os primeiros tomates vermelhos maduros do bloco

Na semana passada, Jim "perto de Chicago" perguntou sobre o primeiro frutas ele poderia crescer. Chamamos morangos, amoras e frutos silvestres como os primeiros a amadurecer verdadeiro (como em doces) frutas, mas depois pensei, 'e se ele quisesse dizer frutificação plantas, como tomates? ' Portanto, prometemos um acompanhamento esta semana, embora eu tenha provocado a resposta dizendo "Comece as plantas dentro de casa sob luzes fortes dois meses antes de plantá-las, use dispositivos de prolongamento da temporada para colocá-las no início da temporada, escolha variedades rotuladas 'cedo' ou 'resistente ao frio' e você pode colher pequenos tomates saborosos até o quarto de julho. "

Sério. Mesmo perto de Chicago. E este tópico também toca no motivo de um enorme muitas pessoas nos contatam todo ano enlouquecendo porque "todos os tomates ainda estão verdes" em agosto.

Sem nem mesmo perguntar, sempre sei que é porque eles estão cultivando as variedades "erradas". Agora, isso é não 'errado' na categoria de 'ótimo tomate' & mdashin fato, eles estão frequentemente cultivando as variedades mais saborosas absolutas. O problema é que essas variedades são geralmente grandes heranças com os mais longos 'dias de maturidade' possíveis.

Vamos usar o brandywine como exemplo. É considerada por muitos a herança mais saborosa, mas é uma grande tomate que é notoriamente lento para amadurecer, com uma classificação média de 'dias para maturação' de cerca de 85 dias. (Eu obtive esse número calculando a média das datas de quatro ou cinco catálogos diferentes, ninguém tinha o mesmo número e muitos usaram um intervalo de dez dias.) E isso não é 85 dias a partir de semente com tomates, pimentas e outras safras pré-iniciadas, os 'dias até a maturidade' são a partir de quando as plantas saudáveis ​​de seis semanas de idade são colocadas em solo quente depois que as temperaturas noturnas estão confiavelmente acima de 50 graus F.

Então, vamos lançar nosso Chicago Brandywines no dia 15 de maio em diante, quando ainda precisaremos de um dispositivo de prolongamento de temporada como seguro. (Eu sou um covarde plantador declarado e esperaria até 1º de junho para plantar plantas desprotegidas naquela área. Muitas vezes eu espero até então para plantar na MINHA área, que não é tão fria.) De qualquer forma, o mais cedo poderíamos esperar que o primeiro tomate maduro fosse em torno de 15 de agosto, e 1º de setembro não seria incomum.

E Brandywine não é a variedade de maturação mais recente. Não por muito tempo, algumas relíquias de família igualmente apreciadas são avaliadas em 100 dias! Ah, mas cultive Brandywine e outras grandes e saborosas heranças que você deveria, weedhopper seu tamanho e sabores complexos são lendários. Mas para amadurecer até (ou sim, antes) 4 de julho, você precisa olhar para tomates menores e mais resistentes, cujo DNA geralmente vem de lugares como a Europa Oriental, onde o completo a estação de crescimento pode ser de apenas 60 dias.

Tomates siberianos? Absolutamente. E tomates da série 'subártica', desenvolvida na fria Alberta. E outras variedades lendárias resistentes ao frio como 'Oregon Spring' da OSU. Mas não se preocupe em encontrar esses ou outros específico variedades. Basicamente, você quer tomates cujas descrições incluam palavras como "precoce" e "resistente ao frio" com dias para maturação em torno ou abaixo do número 60. E você deseja cultivar várias dessas variedades, pois todas elas agirão de maneira um pouco diferente no clima específico da primavera que você terá.

Agora, a grande questão: você TENHO começar suas próprias plantas a partir de sementes?

A resposta: se você quiser experimentar tomates em junho, sim. Você os começaria dez semanas antes, em vez de seis colocá-los em recipientes progressivamente maiores, pelo menos duas vezes durante esse tempo, para que possam desenvolver raízes profundas, alimentá-los várias vezes enquanto ainda estão dentro de casa e mantê-los sob as luzes. Nenhuma meia-medida aqui, apenas plantas fortes, robustas e atarracadas sobreviverão a um plantio realmente precoce. (Leia alguns de nossos artigos iniciais para obter os detalhes profundos.)

E se você não puder fazer tudo isso, encontre uma fonte que possa lhe fornecer inícios de bom tamanho de algumas variedades iniciais diferentes o mais cedo possível na temporada.

Em seguida, siga o mesmo plano básico, quer você tenha começado ou comprado as plantas pessoalmente: Aqueça o solo em um canteiro elevado cobrindo-o com plástico transparente com uma semana de antecedência. Endureça as plantas, deixando-as do lado de fora por períodos progressivamente mais longos de tempo a cada dia durante aquela semana. Então deixe o plástico em a cama, faça buracos e plante os tomates profundamente, como sempre instruímos. (Veja esta Questão da Semana anterior para obter detalhes.)

Então fornecer algum tipo de proteção de extensão de temporada. Coberturas de filas em aros ou outros tipos de túneis isolados vão lhe dar uma ou duas semanas extras - especialmente se você não mesmo empurrá-lo e / ou o clima inclina seu caminho. Mas a maioria das pessoas que vencem as competições do "primeiro tomate" no Norte protegem suas plantas com dispositivos individuais que se parecem com tendas de plástico de cabeça para baixo compostas por uma série de tubos ocos dispostos em um círculo. Você enche os tubos com água que aquece durante o dia e irradia calor de volta para as plantas à noite. Os originais foram chamados de "Walls o 'Water" e muitas variações estão agora disponíveis.

A parte superior desses dispositivos está sempre aberta para que as plantas não superaquecem em um dia de sol. E sim, isso significa que o topo das plantas pode ficar um pouco frio à noite, mas estudos mostram que as plantas reagem mais ao frio no solo do que o ar. Mantendo seu plástico que aquece o solo em o solo mantém as raízes aquecidas e qualquer dispositivo de extensão de estação reforçará o calor do fundo.

Portanto: Com que antecedência as pessoas que fazem tudo isso de forma realista podem esperar comer seu primeiro tomate maduro?

Master Gardener Andrea Ray Chandler wrote about early tomatoes in the very first issue of ORGANIC GARDENING magazine that I edited&mdashback in 1991 some of our advice comes from that very story. Growing in chilly USDA Zone 5&mdashjust like Chicago Jim, who got us started on this topic&mdashAndrea reported that she had picked her first ripe tomato on May 30th of the previous year.

Now, she's a Master Gardener with many years of experience who devotes a lot of time and energy to this and you're not going to match her achievement without at least several years of experimentation and experience, which is why we're talking the 4th of July as a reasonable goal. (And yes, earlier if you are experienced and/or live in a more forgiving clime.)

Promised timing bonus!We didn't have time for this on the show, but I promised I would provide it as an exclusive extra here at Gardens Alive my 'back of the envelope' calculator for starting your own plants from seed!:

Let's be aggressive and call June 1st Tomato Day One, and say you're in USDA Zone 5 or 6. April + May = the 60 growing days the earliest tomatoes require. Let's say you're putting out six-week old starts. I like to allow two weeks for germination (because it makes the math easy)&mdashthat's another 60 days, or all of February (a short month anyway) and March.

So if you start seeds of the right variety on the 1st of February (which is soon get those seeds in hand!), and do it right you should have nice big plants to put out at the beginning of April, when the odds are mostly good that season extending devices and some common sense will carry you through chilly nights. (But there's a reason April has been called 'the cruelest month'&mdashso don't put them out in a snowstorm another week or two indoors is much better than planting during a polar vortex!)

If you're content with shooting for the 4th of July (and I'm with you, not the June Swooners), start on the 1st of March. That's March and April to grow inside, a May 1st planting goal (maybe it won't snow!) and May and June for growing.

That 4th of July all-home-grown salad is looking real doable now&hellip..


5 Reasons You Should Be Growing Tomatoes

Or on a lighter note, here are five reasons to grow your own &rsquomaters, from You Bet Your Garden Guide to Growing Great Tomatoes, by the ever-amusing Mike McGrath:

1. There is honestly nothing you can compare to the taste of a fresh, vine-ripened tomato, plucked at the perfect peak of sweetness and eaten warm and sugary, tart and juicy, right there in the garden as you make a big mess all over your shirt.

2. If you actually get good at this (and you can &mdash I grow great tomatoes just about very season, and I barely have opposable thumbs), you&rsquoll have access to the ultimate summertime bragging right: &ldquoOh, and would you like a slice of fresh tomato on that? Let me go out and pick a nice one for you.&rdquo

3. If you get really good at it, you can go for the gold: Having ripe, red tomatoes conspicuously hanging on your plants days before that pain-in-the-butt gardener down the block who&rsquos been showing off for years.

4. And then nirvana: Knocking on that gardener&rsquos door with a bag of ripe tomatoes while his first love apples are still green and saying, &ldquoHere &mdash I noticed your plants don&rsquot seem to be doing very well this year, and we had more than we can eat for weeks now . & rdquo

5. Start your own tomatoes from seed, and you can grow (and share and savor and really brag about) wonderful varieties that you just can&rsquot find already started for you at the garden center, much less in the supermarket, such as &lsquoTigerella,&rsquo &lsquoBrandywine,&rsquo &lsquoBig Rainbow&rsquo and &lsquoRadiator Charlie&rsquos Mortgage Lifter.&rsquo


Canning Tomatoes Recipes

I get asked a lot about what kind of tomatoes are good for canning. If you are making tomato sauce, I’d suggest you use Roma tomatoes. Roma tomatoes are meatier than other tomatoes. They work great when preserving tomatoes as sauce, salsa, spaghetti sauce, ketchup, and more. Another variety great for canning is the Marzano Italian Paste tomato.

Every year I plant several varieties in our garden. One year, I planted some yellow just for fun. I had some space left over in my garden and decided to try something new.

I always include one each of the prolific cherry tomato and pear tomato, just for my boys. These are for eating fresh whenever they want. My son eats them straight from the bush. He loves grazing through the tomato bushes as much as the raspberry bushes…well, almost.

I hope you enjoy these canning tomatoes recipes!


The best tomato fertilizer for the best tomato ever.

1. Eggshell
Every time I cook an egg, I collected these eggshells. The eggshell is an excellent calcium source, and one of essential mineral for growing tomato. I put about 3 to 4 eggshell on the planting hole, and you can also sprinkle the crumbled egg shell around the little seedling to prevent cutworm.

2. Aspirin
There is lots of research done on aspirin for growing tomato. I am a believer in this matter. Aspirin will help tomato plant to increase the immunity system and fight multiple plant diseases like blight.

I always put 2 aspirin tablets per plant on the planting hole. I use one that has 325 mg dosage per pill. Also, spray the seedling with the aspirin solution before you transplant them.

Here is how to make aspirin solution, add 1 pill into a gallon of water, give it a good shake, then use the spray bottle to spray tomato seedling a couple of days before transplant them to the garden. Here is more info about using aspirin for tomato.

3. Bone meal
Bone meal is an excellent source of calcium and phosphorus. It is an essential organic matter to help tomato plant has a good root system and produce bountiful quality fruit. I put about 1/2 cup bone meal per planting hole.

4. Fish
Most of the gardeners use the fish head for this. But I have great success by using smelt fish, shrimp shell, fish scrape, and just about any unsalted raw seafood.

I don’t get access to any fish head supply, as I live far from the coast or any fishery, but these frozen smelt fish is the cheapest, and there is a lot in one package enough for up to around 20 tomato plants.

If you use frozen fish, make sure you thaw it first. Fish has lots of trace amount of nitrogen, calcium, potassium, and phosphorus and some other essential minerals.

5. Banana Peel
I freeze banana peel in a large ziplock bag, and I thaw it whenever I ready to use them in the garden. I put two banana peel per planting hole.

Banana peel is an excellent source of phosphorus which is essential for growing tomatoes. Sometimes I add some old and overly ripe banana that I don’t have time to turn it into banana bread.

6. Epsom salt
An excellent source of magnesium which is help tomato plant that always suffers from magnesium deficiency. One tablespoon is enough per plant.

7. Multivitamin / Calcium pill
One spring, I happen to have some old and expire multivitamin and calcium pills. So instead of tossing into the trash, I put 1 tablets each per plants. I was amazed by the result.

My tomato plants were growing beautiful and had a fantastic yield. Since then, I always add multivitamin and calcium pills on the tomato planting hole. I recommend the regular tablet or capsules, not the gummy one.

I put all these 7 things in one pile on top of each other as it shows on the image above.


Types of Stuffer Tomatoes

The most popular of these hollow tomato fruit varieties look much akin to lobed bell peppers. While many come in single colors of yellow or orange, there are an incredible range of sizes, colors, and even shapes. Types of stuffer tomatoes run the gamut from the most commonly available ‘Yellow Stuffer’ and ‘Orange Stuffer,’ which look like bell peppers and are one color, to a heavily ribbed, double-bowled fruit of pink coloration called ‘Zapotec Pink Pleated.’ There are multi-hued types of stuffer tomatoes as well, such as ‘Schimmeig Striped Hollow,’ which has a shape like a delicious apple striated with red and yellow.

  • ‘Costoluto Genovese‘- a lumpy, red Italian cultivar
  • ‘Yellow Ruffles‘- a scalloped fruit about the size of an orange
  • ‘Brown Flesh‘- a mahogany tomato with green striping
  • ‘Green Bell Pepper‘- a green tomato with gold stripes
  • ‘Liberty Bell‘- a scarlet, bell pepper shaped tomato

While stuffers are said to be mild in flavor comparatively, some of these hollow tomatoes for stuffing do have a rich, tomato taste with low acidity that complements, not overpowers, fillings.


The Trench Method

The second technique is to dig a trench and lay the seedling on its side. This method requires a little more finesse but there are some advantages to trenching. It is easier to dig one long shallow hole than it is to dig a deep hole, and the soil is warmer toward ground level which can encourage the plant to grow quickly from the start. This method works best with a 6- to 10-inch seedling.

Dig a six-inch-deep trench that is the length of the rootball plus the length of stem you want to bury. If your seedling is eight inches tall and you want to leave two inches of the stem above the soil, then you need to dig a trench that is six inches long. You can also angle the trench so the rootball sits deeper into the ground than the top of the plant. This might make it easier to train the exposed part of the plant to grow straight up.

Loosen the rootball as usual and lay the plant down in the trench. Backfill with soil, making sure to leave some stem with a few sets of leaves uncovered. You can stake the top of the plant up straight, rather than leaving it on the ground, but you need to be very gentle—losing a few leaves is ok, but snapping the stem will kill the plant. It is always a good idea to get your tomato stakes in early. Tomatoes are vulnerable to many soil borne diseases so you want to keep the exposed leaves up off the soil as much as possible.

The Spruce / Jayme Burrows


3 Tips for Block Planting

This method of planting should make your life easier and make your garden more productive. Here are some tips to make this your favorite gardening technique.

1. Use Companion Planting

Some plants bring out the best in each other, sort of like humans, so when you plan your garden bed layout, consider companion planting. Rather than mixing plants in each grid, plant companion plants in the grids around each other.

2. Tall Plants Go to the North

If you have sun-loving plants in one bed, make sure any taller plants are put on the north side of your bed. Examples of taller plants include peppers, eggplants, and tomatoes. Planting these on the north side to prevent them from casting shadows over the smaller plants.

If you have plants that might want some shade, place the tall plants in the middle with the shade-loving ones facing the north.

3. Put Pest Repelling Plants in the Corners

Don’t let the corners be empty! Fill borders and corners with plants like onions, garlic, leeks, basil, marigolds, and lavender. These plants are known for their ability to repel insects and pests.


Assista o vídeo: Isso é uma mina de ouro!!! Voce já jogou fora? (Agosto 2022).